Mais um bom programa para as férias: a São Paulo do século XVIII em debate na Biblioteca Mário de Andrade

Começa hoje o ciclo de conferências sobre a São Paulo do século XVIII promovido pela Biblioteca Mário de Andrade. Os debates acontecerão às terças-feiras, durante todo o mês de julho, com a participação de historiadores, sociólogos, arquitetos e musicólogos que discutirão as transformações sociais e políticas pelas quais a cidade passou naquele período.

Mais um bom programa para as férias. Confira abaixo a programação:

A São Paulo do século XVIII: de vila à cidade
Terças-feiras, 19h às 21h
Local: Auditório da Biblioteca Mário de Andrade (Rua da Consolação, 94)
Entrada gratuita

Programação

12 jul | ter | 19h às 21h
– Arquitetura e urbanismo
Configuração urbana da cidade de São Paulo no século XVIII
conferência de Benedito Lima de Toledo
As formas do traçado urbano e das casas
conferência de Nestor Goulart Reis

19 jul| ter| 19h às 21h
– Cotidiano e transição histórica
A São Paulo do século XVIII no imaginário fotográfico do início do século XX
conferência de Fraya Frehse
Metamorfoses da São Paulo do setecentos: ser cidade no Trópico de Capricórnio
conferência de José de Souza Martins

26 jul| ter | 19h às 21h
– Música e Leitura
Nos desvãos das livrarias religiosas: livros e censura na São Paulo setecentista
conferência de Marisa Midori Deaecto
Música na São Paulo colonial
conferência de Regis Duprat

No aniversário de São Paulo, que tal homenagear a cidade com desenho e leitura?

Para quem está passando o feriado de aniversário de São Paulo na cidade, seguem duas sugestões de programação que têm tudo a ver com a data.

Amanhã, o artista plástico Paulo Von Poser realizará um percurso pelo centro de São Paulo com pessoas interessadas em desenhar com ele a cidade. Quem quiser participar deve estar presente, às 14h, portando lápis e papel, em frente à Bovespa – Praça Antônio Prado, 48, próximo à estação São Bento. Aliás, até o dia 8 de abril o público pode ver a exposição do artista, “Imagens da Cidade de São Paulo”, que está em cartaz no mesmo endereço. Clique aqui para saber mais.

Outro programa interessante para o dia 25 é conferir a reabertura da Biblioteca Mário de Andrade. Todo o acervo da maior biblioteca da cidade volta a estar disponível para consulta do público. Apesar de ser muito positivo para a cidade ter de volta esse espaço funcionando, ao meu ver a reforma ainda não está completa. Arquitetos que trabalharam no projeto contam que um ponto importante, que era a integração do espaço ao seu entorno, não foi ainda implementado. Leia mais nesta matéria da Folha Online. De qualquer forma, vale a pena conferir, já que este é um patrimônio da cidade. A biblioteca Mário de Andrade fica na esquina da Rua da Consolação com a Av. São João.

Mateus Bruxel/Folhapress