Famílias cobram plano de urbanização da Vila Autódromo

O Comitê Popular da Copa do Rio de Janeiro divulgou esta semana um mapa da Vila Autódromo, que mostra  que 187 famílias (totalizando 596 pessoas) permanecem na comunidade, reivindicando o plano de urbanização prometido pela prefeitura. Uma parte da comunidade optou por ser realocada no conjunto Parque Carioca e já deixou o local. Mas aos que ficaram nenhuma proposta foi ainda apresentada.

Confira abaixo o mapa simplificado e o texto divulgado pelo comitê. Para ver o mapa detalhado, tanto das famílias que permanecem na comunidade, como das casas já demolidas, clique aqui.

mapa vila autodromo mai2014

Mapa mostra que centenas de moradores da Vila Autódromo não querem ser removidos, desmentindo prefeitura
População cobra de Eduardo Paes o cumprimento de promessa de urbanização

Os moradores da Vila Autódromo que lutam pelo direito de ficar em suas casas estão enfrentando uma batalha contra a Prefeitura do Rio para mostrar que existem, e não são poucos, como vem afirmando a administração municipal. Em parceria com a equipe técnica do Plano Popular da Vila Autódromo, eles realizaram um cadastro dos que não aceitam ser removidos. São 187 famílias, totalizando 596 pessoas, sendo que há casas ainda sendo contabilizadas. Esses moradores cobram da prefeitura o prometido projeto de urbanização. O prefeito Eduardo Paes, em outubro do ano passado, assumiu o compromisso de manter os moradores que querem ficar na comunidade e urbanizar a área. Mas em seguida começou uma campanha intensa de pressão psicológica na comunidade, ameaçando os que querem ficar, e se negando a apresentar o projeto de urbanização.

Os moradores têm se reunido quinzenalmente para buscar informações jurídicas, e formas de cobrar da prefeitura seu direito ao projeto de permanência. Em março deste ano, a Prefeitura do Rio de Janeiro fez o lançamento do conjunto habitacional Parque Carioca, projeto do Minha Casa, Minha Vida. Com o lançamento do conjunto, aumentou a pressão sobre a comunidade, com funcionários da prefeitura diariamente na área, afirmando para os moradores que a Vila Autódromo seria completamente removida.

A prefeitura atuou também com a chefia da Defensoria Pública, para exigir as demolições das casas dos que aceitarem sair, mesmo fora da área do projeto viário que exigiria a remoção. Os moradores defendiam que as casas fora da área do projeto deveriam ser mantidas, para reassentamento dos atingidos pelas obras que desejam ficar em sua comunidade. Apesar do prefeito afirmar que parte da comunidade será urbanizada, o projeto apresentado até agora interrompe o acesso às casas, cria problemas de drenagem e não mostra quantas famílias terão que ser reassentadas. Com as demolições, as obras estão entrando na área da comunidade, e as incertezas de quem fica aumentam.

“Queremos nossos direitos respeitados. O prefeito prometeu urbanização e não cumpre. O chefe da defensoria colocou quem vai sair contra quem vai ficar. Os que querem ficar também têm direito de serem defendidos e vamos brigar por isso” disse Inalva Mendes Brito, que mora da Vila Autódromo desde a década de 1980.

Comitê Popular da Copa e das Olimpíadas do Rio de Janeiro

Informações para a imprensa
Giselle Tanaka 21 96922-4849
Mario Campagnani  21 99849-2025

4 comentários sobre “Famílias cobram plano de urbanização da Vila Autódromo

  1. As pessoas invadem terrenos de propriedades seja do governo ou particular, querem tudo de graca, nao pagam nada e ainda se acham no direito a casas novas e indenizacoes, eles pagaram alguma coisa pelo terreno? de quem eh o dono?. Politicos safados com vistas a se promoverem para ganharem votos estimulam as invasoes. Isso se chama Brasil, pais sem leis, de baderneiros , vandalos,vagabundos e gente sem escrupulos .

    Date: Fri, 16 May 2014 15:15:15 +0000 To: jlnicolini@hotmail.com

  2. Alias as casas estao ficando magnificas, com piscina e tudo, acho que vou invadir tambem e ter meu pedaco de terra para os babacas que pagam impostos pagarem por mim tambem, deixar de ser otario.

  3. Jorge Nicolini
    em 16/05/14 às 12:36
    As pessoas invadem terrenos de propriedades seja do governo ou particular, querem tudo de graca, nao pagam nada e ainda se acham no direito a casas novas e indenizacoes, eles pagaram alguma coisa pelo terreno? de quem eh o dono?. Politicos safados com vistas a se promoverem para ganharem votos estimulam as invasoes. Isso se chama Brasil, pais sem leis, de baderneiros , vandalos,vagabundos e gente sem escrupulos .

    Date: Fri, 16 May 2014 15:15:15 +0000 To: jlnicolini@hotmail.com

    Resposta
    Jimmy
    em 13/06/14 às 19:40
    Alias as casas estao ficando magnificas, com piscina e tudo, acho que vou invadir tambem e ter meu pedaco de terra para os babacas que pagam impostos pagarem por mim tambem, deixar de ser otario.

    AOS COMENTARIOS MORALISTAS , FICAM A IGNORANCIA DE TODOS OS FATOS E SOBRAM OS RESTOS DA DESIGUALDADE SOCIAL . E QUE VIVAM A BURGUESIA E A FALTA DE HUMANIDADE!!

    PASSAMOS A VER O NOSSO PAIS COM AMOR , NOSSO POVO COM AMOR E VERAS QUE A MORALIDADE POLITICA SO SERVE PARA ESTARMOS CERTOS COM COMENTARIOS ERRADOS! E VIVA A INFELICIDADE E A INTOLORENCIA, E QUE OS RICOS E O PODER POSSAM IMPERAR ETERNAMENTE!

    QUANDO UM DIA O POBRE PUDER TER UMA PISCINA AE O POBRE SERA MUITO RICO!!

    SE VOCES ACHAREM DEUS EM PONTOS DE VISTA , ME AVISEM POIS ESTOU LOUCO PARA PERGUNTAR PARA ELE SE REALMENTE SOMOS FILHOR DELE TAMBEM!

    By KENZZO.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s