Todos de olho na Câmara Municipal hoje a partir das 10h!

Ontem, data prevista para o substitutivo do Plano Diretor de São Paulo ser apreciado no plenário em primeira votação, a Câmara vivenciou momentos de grande tensão, marcados por diversas manobras regimentais e conflitos.

De um lado, houve tentativas por parte de um grupo de vereadores de, a partir de táticas de obstrução, emperrar a apreciação do plano. Entre os argumentos para protelar a apreciação em primeira votação (que não é a final, já que o plano deve ser votado uma segunda vez), alegavam que o projeto teria passado apenas pelas comissões de política urbana e justiça, mas que ainda não teria sido analisado por outras comissões com interesse na matéria, como as de transporte e saúde, entre outras questões regimentais.

De outro lado, estavam reunidos do lado de fora da Câmara mais de 3000 manifestantes que reivindicavam a aprovação do plano como forma de se avançar na discussão sobre a política urbana da cidade. Em face dessas manobras regimentais, os ânimos se inflamaram e a polícia reagiu, mais uma vez, de forma abusiva sobre manifestações públicas, tentando conter manifestantes que protestavam pelo seu direito à cidade com bombas de gás e violência.

É fundamental que nesse momento o processo de discussão do plano seja uma discussão aberta e pública de conteúdo e que, portanto, as posições dos vereadores em relação ao plano sejam no sentido de contribuir para o aperfeiçoamento do substitutivo. Isto pode e deve ser feito em plenário! Não são manobras regimentais, obstruções ou negociações e obscuras que vão fazer a cidade construir um marco regulatório que nos permita avançar no enfrentamento à grave crise urbana pela qual estamos passando. É importante que todos os vereadores possam apresentar e defender suas emendas de conteúdo, as quais, conforme os acordos iniciais, deveriam ser feitas entre a primeira e segunda votação em plenário.

Nesse momento a sociedade civil paulistana tem um papel fundamental: de acompanhar de perto esse processo, seja indo à Câmara hoje a partir das 10h para presenciar a discussão (o que imaginamos deverá ocorrer ao longo do dia todo), seja acompanhando através da transmissão on line feita pela TV Câmara, que está e estará transmitindo tudo ao vivo neste link.

Um comentário sobre “Todos de olho na Câmara Municipal hoje a partir das 10h!

  1. SÃO PAULO NÃO TEM CONDIÇÕES DE FAZER UM PLANO DIRETOR,POIS A CIDADE CRESCEU E NÃO E MAIS POSSIVEL ADMINISTRAR UMA NOVA CIDADE,COM OS PARAMETROS DE UMA CIDADE NOVA,COM RUAS LARGAS,EVITAR CRUZAMENTOS,OU ALÇAS DE ACESSO,NAS AVENIDAS,CRIAR CONDOMINIOS RESIDENCIAS,COM METRAGEM APROXIMADOS DE 1.000 METROS QUADRADOS,SO RESIDENCIAL,AO LADO DOS CONDOMINIOS,CRIAR ESCOALS COMO ALDEIA DE SERRA,ALPHAVILLE E OUTRAS,A PARTE COMERCIAL FICA EM OUTRA AREA DO CONDOMINIO,A PARTE INDUATRIAL FICARIA MAIS LONGE DA PARTE COMERCIAL,SENDO MAIS PERTO DOS MORADORES DO CONDOMINIOS,MAIS ISSO PODE SER REALIDADE,MAIS FORA DO PERIMETRO ATUAL,DEVERIA COMEÇAS O NOVO PLANO DIRETOR A PARTIR DE CAJAMAR PROXIMO DE SÃO PAULO,CIDADE ESTA JÁ PLANEJADA COM TODA EXTRUTURA PARA SUA SOBREVIVENCIA,SENDO PLANEJADA,TERIA TODOS OS BENEFICIOS QUE A CIDADE NÃO PODE OFERECER,POIS ESTA TUDO EMBOLADO,SOBRE POSTO CASA SOBRE CASA,AS MORADIAS E O COMERCIO Á CIDADE DE LOS ANGELES NA CALIFORNIA TEVE QUE FAZER ISSO NO INICIO DE 1960 A MAIS DE CINCOENTA E QUATRO ANOS,POIS QUANTO MAIS,DEMORE,ELA SÃO PAULO,NÃO PARA DE CRESCER EM TODAS AS ZONAS DA CIDADE COM UMA POPULAÇÃO ESTIMADA DE DEZOITO MILHOES,E AINDA EM EVOLUÇÃO,MEU NOME E ROBERTO GALDI-CONSELHEIRO PARTICIPATIVO DA LAPA-

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s