Abram alas para o Carnaval de São Paulo!

Já faz alguns anos que, durante os dias de Carnaval e também nas semanas que o antecedem, novos blocos tomam conta das ruas de diversos bairros da cidade. Mas quem acompanha esse movimento sabe que não tem sido muito fácil abrir alas pra folia passar…

A história do Carnaval de são Paulo é marcada por uma trajetória de confinamento, repressão – e resistência. Entre argumentos de que o Carnaval “atrapalha o trânsito” e promove uma “bagunça”, o que já foi uma festa descentralizada e múltipla, ocupando o centro e  espalhando-se pelos bairros da cidade, acabou se reduzindo , oficialmente, ao desfile das escolas de samba e a alguns blocos institucionalizados.

Mas, clandestinos, espontâneos, desconhecidos da institucionalidade e literalmente brigando pelo espaço nas ruas, os blocos crescem em quantidade a cada ano.

O carnaval de rua é uma antiga tradição de São Paulo. Antes mesmo de surgirem as escolas de samba, já existiam em diversos bairros da cidade os chamados cordões carnavalescos. Nos dias de carnaval, surdos e ganzás soavama em bairros como Barra Funda, Liberdade, Bexiga , Limão, Tucuruvi – territórios negros da cidade. Alguns cordões saíam inclusive pelo centro, arrastando o povão pelas ruas.

Nos anos 1930 a prefeitura começa a intervir no carnaval, introduzindo concursos entre agremiações. Mas foi nos anos 1960 que o carnaval paulistano de fato se oficializou, resultando no enfraquecimento do carnaval espontâneo, com seus cordões e blocos de rua, uma vez que os investimentos na organização e infraestrutura do carnaval ficaram concentrados no desfile das escolas de samba.

O primeiro desfile oficial ocorre em 1968, na Avenida São João. Em 1977, o desfile é transferido para a Avenida Tiradentes, onde arquibancadas eram instaladas todos os anos. Em 1991, migra para o seu atual endereço, o Sambódromo do Anhembi.

A inauguração do sambódromo selou o divórcio definitivo do carnaval com a cidade. Este – assim como o Autódromo de Interlagos , onde escolas do Grupo II da UESP (União das Escolas de Samba Paulistanas) já foram obrigadas a desfilar – não apenas delimita um único lugar, gradeado, mas também o confina nas margens da cidade.

De alguns anos para cá, porém, impressiona a quantidade de blocos espontâneos que vêm surgindo a cada ano, em um movimento proporcional ao desejo de retomada, por  parte dos paulistanos, dos espaços públicos da cidade.

Dialogando com este movimento, um decreto foi publicado pela prefeitura para regulamentar o carnaval de rua, e um cadastro foi aberto, com mais de 160 adesões. O objetivo é programar as intervenções no trânsito e a segurança, e oferecer uma infraestrutura mínima de banheiros químicos, ambulâncias, limpeza e, também, a divulgação de cada grupo e seu percurso.

Fortalecendo a ideia de uma festa pública e aberta como parte da cultura da cidade, o decreto proíbe cordões de isolamento, grades ou barreiras que impeçam a livre circulação do público.

Como expressão cultural coletiva, múltipla e, por natureza, libertária, o lugar da folia é a rua… e São Paulo abre alas para seu carnaval!

* Coluna originalmente publicada no Caderno Cotidiano da Folha.

4 comentários sobre “Abram alas para o Carnaval de São Paulo!

  1. ESTAMOS CHEGANDO PROXIMOS DO CARNAVAL,COMO MOSTRAR QUE O PAÍS VIVE EM HARMONIA,TRANQUILIDADE,EMQUANTO,ACONTESSE MANIFESTAÇÕES NAS RUAS DAS GRANDES CIDADES BRASILEIRA,COMO Á MORTE DO CINEGRAFISTA DA BAND-TV,EM SEU TRABALHO,COM VOCE QUE SAÍ DE MANHÃ DE CASA E NÃO SABE SE VOLTA,NOSSO JUDICIARIO ESTA ESTAGNADADO DE INCONPETENCIA,JUIZES NÃO REALIZAM O QUE Á POPULAÇÃO BRASILEIRA PRECISA,QUE É SEGURANÇA,PORQUE NÃO SÃO IGUAIS COMO NA AMERICA,CANADA,ITALIA,ESPANHA,QUAL E O ERRO POIS OS,MARGINAIS ESTÃO LIVRES AO BEL PRAZER,SEM QUE SEJA PRESO,QUREMOS SEGURANÇA,DE TODO TIPO COMO IR E VIR,PODER IR AO SHOPPING,SEM QUE AJÁ ROLEZINHO,ESSA MALDITA DROGA ESTA ACABANDO COM Á NOSSA JUVENTUDE,É PRECISO AUSTERIDADE,FIRMEZA,POIS QUANDO FICAMOS NO REGIME MILITAR POIS EU ERA ESTUDANTE,NÃO DAVAM MOLEZA,NÃO HAVIA ANARQUIA,FALTA DE CONTROLE DO GOVERNOS ESTADUAIS,TINHAMOS UMA POLICIA AUTENTICA,COM PESSOAL QUE TINHA SEUS SALARIOS AVALIADOS PELA QUALIFICAÇÃO,COMO PODE UM POLICIAL TRABALHAR SEM GARANTIA NUM SERVIÇO DE RISCO,SEM SEGURO DE VIDA PARA ELE E SUA FAMILIA,O ESTADO DORMIU,E NÃO FEZ NADA PARA MELHORAR ATÉ AGORA,SO PENSARAM EM CONSTRUIR OBRASA FARAONICAS,COMO ESTADIOS DE FUDEBOL,DEVERIAMOS INVESTIR COMO FEZ Á ITALIA CINCO BILHÕES DE DOLARES NA EDUCAÇÃO DE SEU POVO,E NOS´SÓ NOS SOBRA SAMBAR,SAMBAR ESSA INCONPETENCIA ADMINISTRATIVA,QUE ESTA ANIQUILANDO O PAÍS CHAMADO BRASIL.

  2. Esqueceu de citar a Vila Esperança onde, durante muitos anos, os desfiles das Escolas e blocos se concentraram. Em 1968 foi o último ano que as Escolas desfilaram lá, inclusive com o Adoniram Barbosa num carro alegórico, cantando Vila Esperança, homenagem que fez ao bairro que concentrava os desfiles de carnaval. Grandes Escolas e inúmeros blocos. Eu estava lá. Abração procê.

  3. Eu deveria ficar calado já que estou ficando chato. Mas volto a afirmar que o desfile das escolas de samba do Anhembi é um carnaval-cópia do Rio de Janeiro e por isso não tem o reconhecimento e respeito dos brasileiros.

    Ainda bem que há outras opiniões semelhantes na net.

  4. Parabéns pelo belo texto. E acrescento que falta ao paulistano ser menos “ter” e mais “ser”, qd se trata de cultura popular brasileira.
    Saudações Sambisticas.
    Jair Santos
    Presidente
    Grêmio Recreativo Cultural e Beneficente
    Escola de Samba
    EM CIMA DA HORA PAULISTANA
    A Coruja do Samba Chegou…
    Fundada em 20/01/1998

    e-mail: emcimadahorasp@gmail.com
    Site Oficial: http://www.wix.com/emcimadahorasp/max

    A PORTA ENTRE NÓS E DEUS NUNCA ESTARÁ ABERTA ENQUANTO ESTIVER FECHADA A PORTA Q FICA ENTRE NÓS E NOSSO PRÓXIMO. Pense Nisto….

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s