“O negócio é sério”, diz motorista que encarou papel de ciclista…

O vídeo abaixo mostra um treinamento realizado por uma empresa de ônibus do Recife, a fim de sensibilizar seus motoristas com relação ao compartilhamento do trânsito com ciclistas. O treinamento inverte os papeis, colocando os motoristas no lugar dos ciclistas. Confiram.

8 comentários sobre ““O negócio é sério”, diz motorista que encarou papel de ciclista…

  1. Sou de Recife e sei bem como é o trânsito daqui. Moro a 20 minutos do meu trabalho, poderia ir de bike mas tenho muito medo, os carros passam a toda e não respeitam, não tenho coragem de arriscar minha vida. Então acabo me conformando em levar de 40 min a 1h ou até mais para chegar no trabalho pegando dois ônibus.
    Aqui em Recife estamos com várias obras devido a “tal copa do mundo” (sem cometários..), isso deixa nosso trânsito ainda pior e as pessoas no geral não respeitam, nem ciclista, nem condutor, nem motociclista, nem pedestre. Todos burlam as regras de trânsito. O quadro de guardas de trânsito é muito reduzido, o que piora a situação.
    Mesmo assim eu vejo que é crescente o número de pessoas (muito corajosas!) que aderiram a bike. Espero de tudo isso ver daqui a algum tempo um recife um pouco melhor depois dessas reformas.
    Sou apaixonada pelo assunto de gestão urbana e sempre acompanho seu blog.

  2. Olá Raquel,

    Essa ação faz parte do Projeto Amigo Motô (PAM) da Ameciclo – associação metropolitana de Ciclistas do Grande Recife.
    A empresa Itamaracá Transportes contratou os serviços da associação para preliminarmente inserir um das ações da semana interna de prevenção de acidentes, integrado com a semana do trânsito, que consistia em apresentar parte do CTB relacionado a ciclistas e a motoristas.

    Uma palestra de 2 h em um dia, e no outro uma simulação prática.
    Reforçou-se o CTB e simulou-se o motorista como ciclista, na ação: “como me sinto quando levo um fino”.
    Após contextualização anterior, e risco controlado eles puderam vivenciar um problema comum no trânsito, a alta velocidade e a não distância regulamentar nas ultrapassagens, em seguida retornaram a sala para repassar o sentimento, e firmar um compromisso com a vida dos mais frágeis no trânsito.

    A ideia é ampliar o Projeto para todas as 17 empresas do Consórcio Grande Recife.

    Cristiane Crespo – Coordenadora da Ameciclo
    Coordenadora do Projeto Amigo Motô

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s