Iniciativas procuram pensar os bairros a partir de seus cidadãos

No início do mês, divulguei aqui no blog um evento que discutiria um Plano de Bairro da Vila Madalena. No evento, que contou com mais de 100 participantes, ficou clara a importância e complexidade de se pensar o bairro a partir de seus moradores e usuários. Alguns leitores deixaram comentários sobre este assunto, um deles foi o urbanista e professor aposentado da FAU USP, Cândido Malta Campos Filho.

De acordo com Cândido, desde junho do ano passado, está em tramitação na Câmara Municipal de São Paulo o Plano de Bairro de Perus (PL 00331/2011), cuja elaboração foi coordenada por ele. Segundo o urbanista, “a aprovação maciça [do plano] em assembleias abertas a toda a população com votação formal indica que deverá ser aprovado pelos vereadores”. Ele lembra ainda que, se aprovado, este será o primeiro Plano de Bairro aprovado previsto pelo atual Plano Diretor.

Também recebi aqui no blog um comentário de Eduardo Abramovay, integrante de um grupo chamado “Moradores de Pinheiros contra a Verticalização Desenfreada”. Segundo Eduardo, atualmente o grupo tem defendido a criação de um parque em terreno na Rua João Moura onde havia um casarão que, embora protegido pela Justiça, foi derrubado por uma construtora. Os donos do imóvel pretendem construir na área algumas torres e um shopping center. A proposta de criação do parque já se tornou Projeto de Lei e há uma audiência pública sobre o assunto marcada para setembro. Além disso, está circulando um abaixo-assinado em favor da criação do parque.

O fato é que o zoneamento do bairro de Pinheiros permite a verticalização. Isso só poderia ser modificado com a revisão do atual Plano Diretor, que deveria acontecer este ano. No entanto, se o bairro conseguisse elaborar o seu Plano de Bairro, esse debate já poderia ser feito e serviria de subsídio para a revisão do zoneamento.

Saiba mais sobre o grupo “Pinheiros contra a Verticalização”:
Site: http://moverpinheiros.wordpress.com/
Grupo no Facebook: http://www.facebook.com/groups/219598781449304/

4 comentários sobre “Iniciativas procuram pensar os bairros a partir de seus cidadãos

  1. A proposta de se pensar o bairro a partir de seus moradores e usuários significaria uma guinada em relação ao executivo e ao legislativo atuais; e, é um excelente tema para os candidatos a Prefeito e a Vereadores de São Paulo se posicionar formalmente; assim, os cidadãos saberão em quem estão votando.

  2. As partes dos bairros que ficam próximas de grande oferta de transporte público (estações de metrô, principalmente) como é o caso de Pinheiros, no Largo da Batata – e aplicável aos bairro de condição equivalente – devem permitir maior índice de adensamento, pela verticalização, tanto para justificar o investimento público ali realizado, quanto para preservar as áreas mais distantes, com ruas mais estreitas, etc.

  3. Boa noite,
    Envio um contributo português de um caso que está a ser bem sucedido num bairro estigmatizado de Lisboa, a Mouraria. Neste caso, a recuperação do bairro passa muito pela aceitação da diversidade cultural dos seus moradores e partiu de uma proposta da própria comunidade apresentada ao Orçamento Participativo Municipal 2011/2012.E já está em execução, o que é excelente!

    http://www.lisboaparticipa.pt/pages/noticias.php/A=139___collection=cml_news

    Não sendo uma solução perfeita, é de facto uma forma de os moradores conseguirem fazer chegar a sua voz ao poder público, reivindicando a implementação de projetos que melhorem as suas vidas.

    Sendo, julgo eu, uma criação brasileira (penso que o OP surgiu em Porto Alegre), como tem sido aplicado nas vossas cidades?

  4. Olá professora Raquel,
    Gostaria de apresentar o projeto que faço parte, chamado Complicitat, que se propõe a mapear as informações da cidade de São Paulo e as apresentar segmentadas por bairros. Assim, é possível que você saiba o que a prefeitura, subprefeituras, polícia, CET, CGE etc está fazendo perto da sua casa.

    Além disso é possível que o próprio cidadão inclua ocorrências, notícias e eventos da sua região pra que a comunicação entre os moradores da cidade possa se intensificar, promovendo a troca de informações e cidadania.

    Estamos em busca de parceiros para que possamos expandir para todas as cidades da Copa do Mundo até o final do ano.
    Temos também uma página no Facebook, pra que as pessoas recebam na própria plataforma notícias sobre a cidade: http://www.facebook.com/complicitat
    Obrigado
    Abraço

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s