Boa notícia: prefeitura de São Paulo não vai mais vender o Quarteirão da Cultura no Itaim-Bibi

Matéria publicada hoje no portal do Estadão afirma que a prefeitura de São Paulo desistiu de vender o chamado Quarteirão da Cultura, no Itaim-Bibi. Depois de muita mobilização de moradores e frequentadores da área, eis uma boa notícia. Segue abaixo um trecho da matéria.

Leia mais aqui no blog sobre este assunto: No Quarteirão da Cultura, no Itaim-Bibi, quais são os valores em jogo?

Prefeitura desiste de vender quarteirão no Itaim, Sub de Pinheiros e mais 16 áreas

Decisão foi tomada porque, além da repercussão negativa, não há mais tempo para licitação e os imóveis mais valiosos estão congelados

28 de fevereiro de 2012 | 3h 01

RODRIGO BURGARELLI – O Estado de S.Paulo

SÃO PAULO – A gestão Gilberto Kassab (PSD) abandonou – pelo menos por enquanto – a proposta de vender 18 terrenos e imóveis públicos em troca de creches, como anunciado há cerca de um ano. A desistência foi forçada: por mais que o secretariado do prefeito acredite que o modelo é válido e benéfico para a cidade, a avaliação é de que, além da repercussão negativa, não há mais tempo hábil para concretizar as licitações até o fim do ano.

Entre os imóveis que não serão vendidos está o polêmico quarteirão do Itaim-Bibi, delimitado pelas Ruas Horácio Lafer, Salvador Cardoso, Cojuba e Lopes Neto, onde hoje funcionam oito equipamentos públicos. A preservação do terreno de 20 mil m² foi defendida por moradores do bairro, que chegaram a apelidar a área de “Quarteirão da Cultura”.

A mobilização popular conseguiu que o Conselho Estadual de Preservação do Patrimônio Histórico (Condephaat) abrisse estudo de tombamento no ano passado para proteger o terreno, que ainda não foi votado pelos conselheiros do órgão. Ele era o mais valioso de todas as áreas que seriam vendidas: segundo estimativa da Empresa Brasileira de Estudos do Patrimônio (Embraesp) feita em 2011, valeria R$ 140 milhões. No total, os 20 terrenos e imóveis anunciados para a venda estavam avaliados em R$ 480 milhões – e apenas dois menores devem ser negociados.

Para ler a matéria completa, clique aqui.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s