1ª Mostra Cinema na Laje acontece até o dia 5 de setembro

Começou esta semana, no Jd. Guarujá, a 1ª Mostra Cinema na Laje, organizada pela Cooperifa. Quinzenalmente, às segundas-feiras, serão exibidos, gratuitamente, documentários e filmes de ficção do Brasil e do mundo. A mostra faz parte das comemorações dos 10 anos do Sarau da Cooperifa e tem curadoria do videasta e arte-educador Daniel Fagundes.

Segundo os organizadores, a ideia da mostra é apresentar “um panorama do que tem se construído como texto audiovisual, como discurso pelas camadas populares através do audiovisual, dentre os coletivos e diretores dedicados a pensar as questões da desigualdade social, da identidade cultural e da produção artistica.”

A Cooperifa é um dos muitos grupos de periferia e assentamentos populares brasileiros que mostram que o mundo da periferia, além de ser objeto de muitas produções culturais, é também sujeito dessa produção. A 1ª Mostra Cinema na Laje é sem dúvida uma oportunidade para quem quer conhecer de perto esse trabalho.

Confira abaixo a programação:

MOSTRA CINEMA NA LAJE
De 8 de agosto a 5 de setembro
às segundas-feiras 20hs
Laje do Bar do Zé Batidão
Rua Bartolomeu dos Santo, 797 Jd. Guarujá (inf. 72074748)
Periferia- SP

Programação:

Semana 2 (dia 15/08)
Ficção contra a realidade 

Fulero Circo
Sinopse: Depois de tantos maus tratos, de viver entre os ratos, de ter que achar o absurdo legal, a trupe autodenominada FULERO CIRCO, formada por desempregados e trabalhadores ocasionais, viajou pelo Brasil para apresentar sua peça “O mistério do novo”, uma investigação sobre os dias de hoje.
Produção: Cia Estudo de Cena.
Direção: Diogo Noventa
Tipo: Ficção
Formato: Vídeo DV
Ano: 2011
Origem: Brasil (SP)
Fotografia: Patrícia Alegre
Duração: 50 min.

Amanhã Talvez
Sinopse: Manoel e sua vida, cotidiano. Bebida, controle remoto, controle remoto, bebida, boteco. As vezes a mulher, as vezes os filhos, as vezes. Controle remoto, bebida, TV, um anjo. Um anjo e a vida de Manoel. Baseado no conto “Amanhã Talvez” de Sergio Vaz.
Direção: Rogério Pixote
Tipo: Ficção
Formato: Vídeo DV
Ano: 2010
Origem: Brasil (SP)
Fotografia: Renato Cândido
Duração: 9 min.

———————————————————–

Semana 3 (dia 22/08)
Olhares extremos (Grajaú em cena)

Grajaú: Um Desenho de Cultura
Sinopse: Por que fazer um mapeamento dos ativistas culturais do Grajaú? Qual o intuito? Por que fazer um documentário sobre esse mapeamento? Como seria isso? Ninguém melhor que os próprios movimentos de cultura em questão pra responder essas perguntas, não?
Artistas do distrito do Grajaú discutem como fazer um documentário e qual o potencial de sua arte no contexto em que vivem e trabalham.
Produção:
Direção: NCA, Humbalada, Imargem, Morro da Macumba, Balaio Cultural e Instituto Pólis.
Fernando Solidade, Daniel FagundeS, Diego FF. Soares e André Luiz Pereira.
Tipo: Doc
Formato: Mini DV
Ano: 2010
Origem: Brasil (SP)
Fotografia: NCA
Duração: 39 min.

Onde São Paulo Acaba
Sinopse: Futebol, rap, violência e drogas. Um dia na periferia sul de São Paulo.
Direção: Andréa Seligmann

Tipo: Ficção
Formato: 35mm
Ano Produção: 1995
Origem: Brasil (SP)
Cor / PB: cor
Duração: 12 min.

Grajaú, Onde São Paulo Começa
Sinopse: Articulado a partir da ideia de um “street movie”, “Grajaú, onde São Paulo começa”, conduz sua narrativa a partir dos percursos e inquietações de vários artistas que vivem neste carente e populoso bairro no extremo sul da cidade de São Paulo às margens do maior reservatório hídrico da cidade.
Fugindo dos estereótipos de violência e pobreza, o documentário busca construir a imagem deste imenso bairro paulistano através da arte e da geografia fugindo aos clichês convencionais associados à cidade.
Direção: João Claudio de Sena
Tipo: Doc
Formato: HD
Ano: 2011
Origem: Brasil (SP)
Fotografia: João Claudio de Sena
Duração: 25 min.

—————————————————–

Semana 4 (dia 29/08)
Tragicomédia Brasileira 

O incrível encontro 
Sinopse: No aniversário de 500 anos do Brasil o CETE (Centro Experimental Teatro Escola) coordenado pelo ator e diretor Antônio Pedro, convoca diversas pessoas para uma experimentação teatral coletiva. Atores e não atores, de diversas formações e classes sociais promovem o grande encontro de suas vidas com a história do Brasil.
Produção: CETE e Propícia produções.
Direção: Júlio Calasso
Tipo: Doc
Formato: Vídeo DV
Ano: 2011
Origem: Brasil (RJ)
Fotografia: Júlio Calasso
Duração: 60 min.

O Sequestro da Cultura Brasileira
Sinopse: Filme de ficção sobre a “alta cultura” versus a cultura das ruas. Trata-se de um assalto a um museu motivado, a princípio, pelo exclusivo interesse em lucrar com o sequestro de um quadro bem avaliado no mercado. As contradições da vida e da cultura.
Produção:
Direção: Bruno Rico, Bruna Callegari, Vitor Serra
Bruno Rico.
Tipo: Ficção
Formato: Mini DV
Ano: 2005
Origem: Brasil (SP)
Fotografia: Bruna Callegari
Duração: 35 min.

——————————

Semana 5 (dia 05/09)
Cultura de Rua 

Nos tempos da São Bento
Sinopse: Rodado entre os anos de 2007 a 2010, Nos Tempos da São Bento é um documentário que busca a memória coletiva do hip-hop. O documentário busca resgatar a memória daqueles que fizeram a História do Hip-Hop, ocupando por vários anos o espaço do Metrô São Bento, no centro da cidade de São Paulo. Minuciosa, a estrutura discursiva nos leva ao conflito com o esquecimento; o ato social de se apagar fatos, pessoas e grupos da história. É justamente este conflito, apresentado através do exercício da narrativa, que se transforma em ação dramática, onde a personagem principal é a memória coletiva.
Produção:
Direção: SUATITUDE.
Guilherme Botelho.
Tipo: Doc
Formato: Mini DV
Ano: 2010
Origem: Brasil (SP)
Fotografia: Cassimano
Duração: 90 min.

Linha de Ação
Sinopse: Primeiro episódio de uma série de crônicas sobre culturas urbanas e arte coletiva de resistência nas periferias do mundo. Uma ponte entre dois pontos de vista de artistas-cidadãos que criam em extremos opostos da cidade de São Paulo: Shirley Casa Verde, da Zona Norte (Fábrica de Gênios/Cinescadão) e Sérgio Vaz, da Zona Sul (Cooperifa).

Produção:
Direção: Cinescadão e Temporal Filmes.
Flávio Galvão e Rica Saito.
Tipo: Doc
Formato: Mini DV
Ano: 2010
Origem: Brasil (SP)
Fotografia: Flávio Galvão, Rica Saito. Fernando Solidade e Negro JC
Duração: 6 min.

Para mais informações sobre a 1ª Mostra Cinema na Laje, clique aqui.

Um comentário sobre “1ª Mostra Cinema na Laje acontece até o dia 5 de setembro

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s