Na terra do não planejamento, quem emplaca projeto da Copa é Rei

O Fórum Nacional de Secretários e Dirigentes Públicos de Transporte e Trânsito, que agrega secretários municipais e estaduais, assim como presidentes e superintendentes de empresas públicas da área de transporte no Brasil, em seu evento anual, decidiu encaminhar ao governo federal um documento criticando a vinculação do PAC da Mobilidade, que foi anunciado como um grande investimento na área de transporte, com a Copa de 2014.

Além de as cidades que não sediarão os jogos estarem preocupadas porque não terão recursos, nas próprias cidades-sede as obras atropelam os planejamentos anteriores, priorizando ligações estritamente relacionadas ao evento que não necessariamente correspondem às necessidades da cidade em termos de transporte coletivo. O caso mais emblemático é o de São Paulo: já que a questão do estádio não está 100% equacionada, não se sabe ainda para que lado vão as obras de transporte.

O financiamento dos sistemas de transporte urbano no Brasil é absolutamente necessário e urgente, e carece não apenas de fontes estáveis e permanentes de recursos, mas principalmente de um planejamento que possa ser implementado no curto, médio e longo prazo. Também nesse campo andamos por sustos. Agora é a vez da Copa e das Olimpíadas.

Clique aqui para ler notícia no portal da BHTrans (Empresa de Transportes e Trânsito de Belo Horizonte).

3 comentários sobre “Na terra do não planejamento, quem emplaca projeto da Copa é Rei

  1. Copa, cidade-espetáculo, capital investindo apenas nos locais que lhe interessa que estejam cada vez mais inseridos na sua lógica.
    Triste mesmo será quando surgirem as verbas emergenciais para finalização dos projetos da Copa dentro do prazo.
    Parabéns Raquel por mais um belo post.

  2. Lembro também que, os projetos que estão nas “pranchetas”, correm o risco de ser, novos elefantes brancos. Nossa situação é semelhante a da África, lembrando que, no período em que os estádios foram construídos, houve mais de 70 greves dos trabalhadores.

  3. Raquel Rolnik, vc deveria relatar os frequentes incêndios que ocorrem nas favelas de São Paulo. A ONU deveria tomar conhecimento disso também.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s