Novo estádio do Corinthians para a Copa parece melhor do que Piritubão, mas essa história ainda é nebulosa

Apesar de toda euforia que envolve o anúncio da construção do novo estádio do Corinthians como sede da Copa de 2014, será que esta é mesmo uma decisão definitiva? A questão fundamental é que essa história toda é ainda um tanto nebulosa, não sabemos ao certo por onde passa esse processo decisório sobre os estádios da Copa.

Até agora não ficou claro para ninguém por que o Morumbi não serve. Para mim, pelo menos, não ficou clara até hoje qual é exatamente a crítica em relação ao Morumbi. Se for aquela história de que ele não tem o número de cadeiras exigidas para a abertura da Copa, as intervenções devem ser feitas para que este número seja ampliado.

O novo estádio proposto já não será feito com o número de cadeiras necessário, que são quase 70 mil. Será um estádio de 45 mil cadeiras, então desse ponto de vista ele também não serve. Me parece que por alguma razão a FIFA, junto com a CBF, está pressionando para que se construa um estádio novo. Tentaram um balão de ensaio com Pirituba, não deu certo. Levaram Itaquera.

Não tenho dúvidas de que a localização e a equação de Itaquera – o terreno, que já é do Corinthians, do lado do metrô, numa área que é muito mais adequada do que a de Pirituba – já são bem melhores. E isso aliado às comemorações dos 100 anos do Corinthians aparece bem melhor na fita.

Porém, ainda me parece questionável que São Paulo tenha que ter uma nova arena. Será que o número de estádios da cidade não é suficiente para atender a demanda em relação a esse tipo de equipamento?

Mais estranho ainda é que ninguém viu o tal projeto do estádio e as obras já estavam anunciadas na imprensa este final de semana. Ora, quando foram ver o projeto do Morumbi tentaram encontrar todas as falhas possíveis. Assim ninguém entende mais nada. Como eu já disse, essa história é bastante nebulosa e me parece que ainda vai rolar muita água debaixo dessa ponte.

Sem querer defender a localização do Morumbi, porque todo paulistano sabe que a localização é ruim, que o lugar não é bom para um estádio, que não tem transporte coletivo de massa, mas, em termos de gastos para a cidade, será que não vale mais a pena termos nossos estádios e arenas muito bem cuidadas e continuar com elas?

Ou seja, embora a construção do novo estádio esteja sendo lançada como a solução definitiva, permanece a pergunta: quem vai ganhar com essa construção?

Clique aqui para ler mais posts sobre este assunto.

30 comentários sobre “Novo estádio do Corinthians para a Copa parece melhor do que Piritubão, mas essa história ainda é nebulosa

  1. Raquel, se o Pacaembu não fosse um estádio com tantos limitadores para uso pleno poderíamos até dizer que esse seria o estádio dos corinthianos; mas não é o caso.

    Sendo assim é melhor que se financie uma arena para um time que não a possui, e que sempre desejou ter sua própria casa; duro é ver que a Prefeitura vai ficar com um elefante branco no centro da cidade e próximo de estações de metrô que não poderá mais usar para absolutamente nada, a não ser um joguinho festivo aqui, outro ali …

    • Cara Raquel para sua informaçao o Corinthians està construindo um estadio para o corinthians .Agora se os incompetentes do sao paulo nao conseguiram, nao temos culpa.Obs.Como o sao paulo obteve o morumbi?
      O nosso è nosso so que a cidade de sao paulo prescisa de um estadio moderno .Os gastos para a ampliaçao
      do estadio do corinthias sai mais barato que a reforma do morumbi. ou seja o estadio e para os corintianos,agora se quiserem a copa vao ter que pagar a
      diferença.

      P.s Raquel vc prescisa se informar melhor .E ainda ganha para isso.

      • olá Raquel,tenho dois ponyos de vista a destacar.Primeiro,sou São Paulina, mas fiquei muito feliz que o estádio será construido em Itaquera.Como muita gente não sabe aqui precisa se de muitas melhorias no setor público.E este seria um bom momento para o bairro.
        Outra coisa que noto: dependente de ser o estádio de um ou estadio de outro cada um tem que defender seus direito….mas que no final quem saia ganhando é o cidadão brasileiro.

  2. Raquel, concordo com sua indagação. Até hoje não nos foi informado os reais motivos do por que não o Morumbi, me parece que desde o primeiro momento a Fifa e a CBF queriam mesmo construção de um novo Estádio, com qual interesse?

  3. Olá Raquel. Sou aluno de jornalismo da USP e gosto muito de urbanismo e de esporte, então nada mais quente no momento que essa pauta do estádio da Copa. Sobre o Morumbi, os motivos são políticos e apenas políticos para ele ficar de fora. Uma reforma de 265 milhões como proposta pelo São Paulo era mais do que suficiente para sanar os problemas, no entanto a questão é que Ricardo Teixeira não se bica com os dirigentes são paulinos. Quanto à necessidade ou não de um outro estádio na cidade, como Corinthiano, eu digo que é necessário sim. O Pacaembu, como disse o colega Fábio Peres, não possui o ‘uso pleno’, sem contar que Palmeiras, São Paulo e Portuguesa possuem seu próprio estádio, é vergonhoso para um clube do tamanho do Timão não ter o dele. A questão é que se não houver aporte de dinheiro público como até agora está previsto (a Odebrecht financiaria e teria os tais naming rights), excelente. Mas como você bem disse, muita água pode rolar, como ser necessário um ‘suporte’ público, ou até mesmo esse projeto ser descartado, pois ele está realmente muito nebuloso até agora. Desculpa pelo texto grande, estudante de jornalismo tem que aprender a escrever pouco, mas não consegue haha

    Abraços, Mateus Luiz.

  4. Pra mim, a resposta é um tanto óbvia:

    Do ponto de vista do time do São Paulo:

    * O Morumbi tem uma estrutura antiga e necessitará remendos rigorosos (exigidos pelo padrão FIFA) que o São Paulo não está disposto a fazer;

    * Os dirigentes do SP são desafetos de Ricardo Teixeira/CBF;

    * A infra-estrutura em transporte será mais cara e complicada do que as obras já previstas para a zona leste;

    Do ponto de Vista do Corinthians:

    * Construirá o estádio próprio, com financiamento privado, independente de ser ou não estádio sede da Copa 2014;

    * É o maior clube do estado, com maior torcida, em plena festa do centenário e crescente capitalização para construção de CT, estádio e contratações bombásticas como a de Ronaldo e Roberto Carlos;

    * Tem apoio do Presidente Lula;

    Enfim, independente de haver ou não necessidade de construir estádio em São Paulo (acho que não há necessidade de construir estádios públicos), mas clubes como Corinthians e Palmeiras, por exemplo, tem o direito de construirem seus estádios próprios (com dinheiro privado) vindo de brinde a possibilidade de ofertarem jogos da Copa de 2014. Quer coisa melhor ? Planejar-se para uma obra que vai acontecer de qualquer maneira e de quebra sediar a copa ?
    Óbvio que temos aí disputas dos cartolas, mas isso sempre foi assim, e acredito que nesse exato momento, é disparadamente a melhor solução pra São Paulo, enfim, confirmar a abertura da Copa!

  5. Só mais uma coisinha:

    – Do ponto de vista social, melhor uma Copa do Mundo na zona leste de São Paulo (mais pobre, com carência de infra-estrutura e problemas de valoração na própria capital paulistana) do que no Morumbi (já bastante assistida por recursos e infra-estrutura pública)!

    Morumbi x Itaquera: o que é melhor pra São Paulo e pro Brasil ?

    Não apenas por ser corintiano, mas meu voto vai pra Itaquera!

  6. Raquel, a grande fonte de piadas em relação ao corinthians, é o fato de o mesmo não ter estádio, neste ponto, acho que o presidente está correto em erguer um para o seu clube. Vale lembrar que seus diretores passaram quase um ano tentando arrendar o pacaembu e o município não aprovou esta idéia.

    Quanto ao valores das arenas da copa, sabemos que a grande maioria delas está sendo super faturadas (vc sabe porque). Se parar para pensar um pouco, quais destas são estatais (maracanã, verdão, fonte nova, mineirão, mané garrincha, etc…). Veja o caso do inter ou o atlético PR, arenas particulares, ambas abiaxo de 200 milhões.

    No que diz respeito ao morumbi, os valores para reforma foram apresentadas pelo próprio clube e quando a FIFA pediu as garantias financeiras apareceram com um novo projeto. É bem possível que este projeto também estivesse nos padrões exigidos mas acho que o grande vilão na reforma foi a área necessária para estacionamento. Quanto valem duas ou três quadras naquele local? Sabemos que a FIFA exige quase 1000 metros quadrados só para feiras e imprensa ao redor do estádio, como o SP ia providenciar isso? Isso tudo foi coputado no custo da reforma e a tornaram inviável, financeiramente.

    Basicamente, o corinthians se aproveitou de uma situção para realizar seu sonho de casa própria, não vejo crime nisto, mas concordo que ainda existe muita água pra rolar e se quer minha opinião como torcedor, acho que o corinthians não deveria realizar a abertura da copa. Se fizesse isso, todos os comentários cessariam e ainda poderia cediar os jogos de oitavas.

  7. Raquel
    Não entre nessa de “teoria da conspiração”. O Morumbi foi recusado porque o São Paulo não tinha como levantar 650 milhoes para adequa-lo as exigencias de um estadio moderno. Todos que já foram ao Morubi sabem que o estádio é ruim, ultrapassado, com vários pontos cegos em relação ao campo, banheiros não existem (voce ve as pessoas no intervalo urinando nos corredores); para sair do assento no intervalo para ir a um banheiro voce tem dificuldades de alcançar o corredor; não tem estacionamento para carros, as ruas em volta são estreitas; não tem uma boa avenida de acesso, não tem transporte coletivo suficiente, voce sai à noite do estádio e morre de medo de ser assaltado até chegar a seu carro estacionado em alguma rua escura e estreita após ter pago R$-50,00 a quem te acharcou, etc.

  8. ainda me parece questionável que São Paulo tenha que ter uma nova arena. Será que o número de estádios da cidade não é suficiente para atender a demanda em relação a esse tipo de equipamento?

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    morri de rir , Voce vem me falar que São Paulo não precisa de uma nova arena voce não deve mora no Brasil

  9. Apesar de polêmicos os pontos pelos quais o Morumbi não poderá sediar o jogo de abertura da Copa 2014, o que mais me intriga é comparar os CUSTOS previstos com a construção desse estádio em Itaquera com os custos de outros estádios que estão sendo (re)construídos do zero ou mesmo reformados para a Copa.
    Essas obras, por todo o país, ultrapassam facilmente os R$ 500 milhões (mesmo as de reforma), enquanto que o previsto para o estádio que hipoteticamente servirá para a ABERTURA da Copa está orçado em R$ 350 milhões, a serem investidos pela Odebrecht… Difícil de acreditar que não terá dinheiro público envolvido nessa construção.
    De duas uma: ou as obras por todo o país estão superfaturadas (e bota super nisso) ou esse Itaquerão não passa de uma bela propaganda eleitoral e jogo de política.

    • O ignorante qual a parte do do nao ter dinheiro publico vc nao entendeu, o dinheiro publico è sò para ampliaçao.
      no caso do estadio sediar a copa.ai desculpa ai…Thais grotti

  10. Acho que o Morumbi já era, ja deu o que tinha que dar, se foi reprovado alguma coisa tem. e se o Corinthians pode construir um super estadio com recursos proprios, sem usar as verbas do erário público. devemos incentivar. e se se está usando honestidade de valores, devemos apenas aplaudir. Não devemos incentivar o roubo, o desvio. como acontece nos orçamentos que os concorrente apresentaram. 650.milhões para reformar o Morumbí. é muito pra minha cabeça. Pensem um pouco. com a metade do valor o Corinthians apresentou um projeto de estadio moderno, atual e aqui entre nós muito bonito. Parabens, Andres, pararabens Corinthians. Parabens honestidade, parabens transparencia a realidade.

    • transparencia, honestidade, hahahahahahahahaha!
      fala sério…
      parabens andres por puxar o saco do imperador do futebol brasileiro (RT) e contribuir com a continuidade da corrupção no Brasil.
      o motivo pelo qual a Fifa e a CBF fizeram questão de construir uma nova arena é mais do que óbvio: o que são algumas dezenas de milhões em uma obra de centenas de milhões? é só passar a mão que ninguém vai perceber, tá fácil! Ainda mais com a “flexibilização” na lei das licitações.
      Outra: o governo já está falando em “ajudar” financeiramente o corinthians.
      Esses 350 milhões com certeza vão triplicar até o fim da obra, como o engenhão, o governo vai pagar mais da metade e a turminha do Ricardo Teixeira (incluindo o honestíssimo Andres) vai encher os bolsos.
      E essa história de Naming Rights da Odebrecht é outra comédia (ou tragédia). Que empresa no Brasil está disposta a bancar centenas de milhões só pra botar o nome no estádio? Agora a Odebrecht virou uma instituição sem fins lucrativos? Não se engane meu amigo, esse dinheiro no fim vem do nosso bolso, pois com certeza a Odebrecht ganhou “moral” com o nosso presidente, esse grande “favor” com certeza será retribuido a altura.
      Parabéns Andres. Parabéns Ricardo Teixeira. Parabéns Lula. Parabéns honestidade e transparência.
      Parabéns ingenuidade.

  11. Acredito que a verdadeira revolta dos que não estão a favor do estádio em Itaquera, não seja por conta de torcer ou não pelo Corinthians, mas sim por conta de uma minoria classe burguesa que optou por morar e fazer da zona sul de SP o centro das atenções, pois todas as melhorias da cidade são feitas lá primeiro. Por exemplo: impedir o transito de caminhões na av. bandeirantes e marginal pinheiros, levarem todos os bons empregos para av. Berrini, gastar milhões com a iluminação de fontes do Ibirapuera, etc. Isso soa da boca desses ilustres cidadãos sem perceber a uma grande discriminação social, algo abominável, principalmente com um dos bairros da periferia de São Paulo onde se concentra talvez a maior parte da população pobre do país, que hoje vive lá por não ter condições de morarem no Morumbi, trabalharem na Berrini e mandarem seus filhos para USP. Infelizmente eles não perceberam que a zona sul não tem acesso fácil para o eixo rio-sp, não fica perto do aeroporto internacional, não possui duas rodovias (Dutra e Ayrton Sena) para trânsito dos turistas sem atrapalhar o conturbado fluxo das vias internas de SP. Ou seja, o único pedado de Itaquera é ter pobres morando lá porque se fosse os burgueses dessa cidade Itaquera seria o local perfeito, entre os dois maiores estados do Brasil. O bom é saber que com pouco investimento público na infra-estruturara de Itaquera a região será com certeza um ótimo ponto estratégico para SP, pois o mais difícil (espaço) e sem atrapalhar a rotina da cidade o sonho da abertura de 20014 poderá ser uma realidade para SP.

  12. Raquel realmente este assunto do estádio do corinthians que nem existe e a CBF já apoia como uma das sedes da copa 2014, sem ver nenhum projeto detalhado é muito estranho.

    Dois pesos e duas medidas????Realmente a CBF,no caso o Ricardo Teixeira leva tudo no pessoal, fica claro que essa postura é meramente richa política. Pois haverá gastos públicos a mais pois o bairro de Itaquera precisa de melhorias viárias e estruturais. Só o metrô não resolve, tem que ter um sistema viärio que funcione, pois o bairro é afastado de todas as regiões: a hoteleira, os melhores hospitais e o pólo cultural que fica no outro lado da cidade.

    O morumbi também tem problemas viários, mas há um hospital de primeira linha praticamente ao lado e é próximo de shoppings e é mais fácil chegar na região da zona oeste (paulista onde há os principais hotéis e hospitais). E logo havera o metrô e o trem que liga ao aeroporto de congonhas. Sem contar os bares, restaurantes e lojas que funcionam dentro do estádio (concept hall).

    De qualquer forma o Morumbi será mais acessível e pode ter certeza que os grandes shows continuarão sendo feitos lá. Acho dificil convencer alguém a fazer shows num local afastado de tudo (a classe média que vão nesses shows estão concentrados na zona sul e oeste). Pode ser um preconceito meu mas em em itaquera é um bairro que dá uma sensação que vou ser assaltado a qualquer momento. é mesma coisa no são januário (estádio do vasco) aliás lá a barra é pesada mesmo! E o pacaembu com certeza será um bairro melhor sem os corinthianos quebrando as vidraças das lojas da avenida pacaembu e sujando toda a região! O estádio será voltado para eventos e o museu poderá ter um horário estendido e quem sabe ser ampliado, e talvez vire uma arena pra shows de porte menor. O local é ótimo e é perto da região hoteleira e da paulista!

    Bem de qualquer forma acho melhor o corinthians fazer o estádio lá nos quintos da zona leste! Assim nos livramos desses maloqueiros nos dias dos jogos!

    • John, é por causa de comentários como esse que precisamos construir um novo estádio: o Pacaembu tem que ficar limpinho para que gente arrumadinha vá usar suas quadras de tênis, enquanto o Corinthians se preocupa em ganhar dinheiro.

      Que fique então você e a turminha que quer o Pacaembu limpinho com o estádio e o museu em estágio avançado de deterioração; mas que tal começar a pagar pelo seu “divertimento”, assim como todos os mauricinhos e patricinhas da Higienópolis-que-não-quer-pobre-na-porta?

      • Pois é os corinthianos vão se lascar lá no Piritubão! O Pacaembu terá mais shows e o museu que é um dos melhores sobre futebol poderá ter mais investimentos, pois não terá mais problemas nos dias dos jogos dos maloqueiros.

        O Piritubão só vai encher em dia de jogos do corinthians, acho dificil alugar para shows que nem o U2, Metallica, Madonna etc…me desculpa mas pirituba é fora de mão, além de ser um local nada agrádável de andar. Vai ter que gastar muita grana pública para melhorar o sistema viário, se continuar como está hoje, será um inferno!

        F.Peres o corinthians não vai ganhar dinheiro, até 2014 vai ter que gastar muita grana pra levantar o estádio, isso sem nenhuma verba pública. Se houver algum investimento direto para a construção vai provar a todos os brasileiros que o corinthiano é tudo malandro mesmo e está pouco se lixando, está visando somente vantagem próprio. É o que Andrés Sanchez fez com o Ricardo Teixeira, virou capacho puxa saco só pra ter o apoio esperado. A eleição do C13 foi uma prova cabal disso.

        Eu não sei mas a impressão é que o Piritubão será um grande elefante branco, poderá servir como local de lazer para a população local que é muito carente, mas isso não dá dinheiro para manter o grande estádio. Fazer uma loja voltada pra vender produtos do corinthians, não sei pois a massa corinthiana são da classe baixa e não tem grana pra comprar uma camisa oficial de 200 reais. Restaurantes, Livraria??? Nem pensar! São um bando de ignorantes pra que livro? São artigos caros!

        Na boa se o Corinthians demorou 100 anos pra poder construir algo, acho dificil conseguir manter um estádio. Mas que se dane, o melhor que o pacaembu poderá servir para a população local e com certeza não irá depender mais de jogos de futebol.

  13. Raquel DUVIDO em letras maisculas se fosse num país CIVILIZADO com planejamento se pensariam em construir mais um estádio numa cidade com esse transito doido que a gente tem em São Paulo mas como é para o time do presidente, pode que coisa mais ridicula com tantos problemas ainda vão arrumar dinheiro para isso, se o curintia não tem estadio problema dele e outra eu DUVIDO que não vá entrar dinheiro publico nessa história D U V I D O , daqui a 3 anos vamos ver lembre-se do que eu disse , se o presidente fosse palmeirense seria diferente?

    • Num país civilizado o Pacaembu seria derrubado para dar lugar a um outro estádio, mais moderno e utilizável, e a área seria vendida ao Corinthians em definitivo.

      E eu disse vendida, não emprestada.

      • O Pacaembu é patrimônio histórico, não pode ser demolido. E outra o terreno do estádio é relativamente estreito, não dá para aumentar a largura do terreno. E outra ela faz parte do equipamento esportivo público da prefeitura, onde há quadras e piscinas. Isso não se vende!

        Os moradores do Pacaembu, Higienópolis agradecem, pelo menos não haverá mais ninguém da gaviões quebrando a av.pacaembu após as eliminações da libertadores, ou alguma outra derrota em clássicos. Agora quero ver eles quebrarem a casa deles lá na em Itaquera, naquele bairro dormitório no fim do mundo!

  14. o corinthians logico que é quem mais ganha com isso duvido que nao tenha muito investimento publico do estado nisso

  15. Itaquera realmente é um bairro que precisa de infra-estrutura ,e o corinthians precisa de um estadio.Mas por que nao o dinheiro pubrico para as melhorias do local?Nao na construçao do estadio,claro.Mas a populaçao do local mereçe essa infraestrutura.e um acaba ajudando o outro.nao so a cidade de sao paulo sai ganhando como a populaçao.

  16. Resposta para: Silvio Ferreira Marques

    Corinthiano é tudo bandido!
    Vão construir um estádio roubando dinheiro público!
    E mais a mais o o Morumbi só foi vetado para a Copa porque o São Paulo foi contra a CBF e apoio o Fábio Koff para presidência do Clube dos 13! Não ficou babando o ovo do Retardado Teixeira como o André Sanches!

  17. Já tão dizendo que o EstadiorabalheiraCorinthias não vai mais sediar a Copa das Confederações. Isso já era mais do que esperado. Sou Palmeirense e nascido na Bahia e lamento muito porquê deixar o Estádio do Morumbi o maior da Cidade e da maior Cidade do Brasil de fora por causa PICUINHAS POLÍTICAS é de chorar. A maior cidade do país, que carrega o Brasil nas costas inclusive a minha querida Bahia não sediar a Copas das Confederações. Por que insistir em novo Estádio, dentre os custos públicos, está a possível remoção de dois dutos da Petrobrás. Na área cedida pela Prefeitura ao Corinthians, em regime de comodato que proibe exploração comercial pelo clube, estão o OSVAT – OC24 e o OSVAT 22 que transportam combustíveis de São José dos Campos e São Caetano do Sul. Além do valor para a construção do Itaquerão, estimado em no mínimo R$ 650 milhões, existe o investimento público que até agora ninguém fala de quanto será. Sem falar na desapropriação de moradores de muitos anos a parte mais dolorida. TODO POR CAUSA DO PRESIDENTE DE UMA ENTIDADE QUE MANDA E DESMANDA. SE FALAM TANTOS EM DITADORES PELO MUNDO COMO O DA SÍRIA, LÍBIA, CUBA, UZBEQUISTÃO, EGITO ETC, TEC. Por que ninguém consegue tirar esse CIDADÃO desse comando. Até quando isso vai se perpetuar. ( Ricardo Teixeira é Presidente e manda na CBF 16/01/1989 e está no seu sexto mandato ). Sua Ditadura dura 22 anos, até a copa será 26 anos ATÉ QUANDO ISSO VAI SE PERPETUAR. O Brasil já teve como Presidente da República José Sarney, Fernando Collor (diga-se de passagem arrancado à foça da Presidência), Fernando Henrique Cardoso com dois mandatos, Lula também com dois mandatos e agora Dilma como Presidenta da República e esse cidadão continua aí? A notícia que mais temo é “ Brasil não sediará mais a Copa do mundo de Futebol de 2014”. Serei um dos brasileiros que chorará muito. Torço muito para não ler essa notícia em imprensa nenhuma.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s