Obras viárias x transporte coletivo de massa: mais do mesmo na Grande São Paulo?

Matéria publicada na Folha de São Paulo no último domingo (15) – reproduzida abaixo – nos ajuda a entender por que ainda engatinhamos em um projeto de mobilidade viável e sustentável para São Paulo.

Apesar dos investimentos no metrô terem aumentado significativamente, as obras viárias ainda são as campeãs de investimento dos recursos públicos.

E o texto sequer aborda o avanço pífio no aumento de corredores exclusivos de ônibus na cidade, na integração de transportes de vários municípios da Região Metropolitana e da incorporação dos modos não motorizados, como bicicletas, no sistema. Leiam abaixo a matéria:

Expansão do metrô recebe menos verba que obra viária

Malha poderia ser 50% maior se gastos da década fossem só para os trilhos

Governos investiram R$ 13,5 bi em novas vias, mais do que os R$ 12 bi estimados para fazer 30 km de linhas

ALENCAR IZIDORO
DE SÃO PAULO

Mais do que novas avenidas, túneis e viadutos, a solução do transporte na região metropolitana de São Paulo está na expansão do metrô. O discurso parece até repetitivo -por já ser endossado por nove entre dez políticos deste século. Só que, na prática, não foi seguido à risca pelas várias esferas de governo e partidos, do PSDB ao PT.

Levantamento da Folha mostra que a Grande São Paulo deve completar a década com um desembolso acima de R$ 13,5 bilhões com as suas dez principais obras viárias novas. É dinheiro suficiente para, com folga, aumentar em 50% a rede atual do metrô paulistano.
E é mais do que os R$ 12 bilhões estimados para construir e equipar os 30 km de novas linhas de metrô que a região ganhou ou ganhará de 2000 até meados de 2011.

A conta considera só a ampliação do sistema metroviário em quilômetros e a construção de mais faixas de tráfego. Ela exclui os casos que se limitaram à modernização, reformas e equipamentos para vias ou metrô -bem como a melhoria dos trens e outros transportes coletivos.
Os cálculos motivam duas avaliações de especialistas: 1) O ritmo de expansão do metrô, inferior a 3 km/ano, prosseguiu tímido, embora superior à média de 1,5 km/ano das décadas anteriores; 2) Ainda que haja obras viárias importantes e úteis, é ruim que se invista mais nelas do que em metrô.

“Os políticos só pensam no alívio imediato do trânsito. Mas após uns três anos ele acaba. Os problemas voltam piores. É um remédio envenenado”, diz Sergio Ejzenberg, engenheiro e mestre em transportes pela USP.

REPETIÇÃO
Na lista de obras viárias desta década estão desde túneis construídos pela ex-prefeita Marta Suplicy (PT) até a alça sul do Rodoanel, que teve a contribuição do ex-governador José Serra (PSDB) e do presidente Lula (PT). A insuficiência da expansão do metrô também tem responsabilidade dividida.

A obra tem sido historicamente uma atribuição do Estado, comandado nesta década por gestões tucanas. O mesmo governo Lula que forneceu R$ 1,2 bilhão ao Rodoanel, porém, quase não investiu na expansão do metrô paulistano (exceção a empréstimos e um repasse de R$ 270 milhões cujo gasto não era obrigatório em metrô).

8 comentários sobre “Obras viárias x transporte coletivo de massa: mais do mesmo na Grande São Paulo?

  1. É bom lembrar que a expansão do Metrô tem sido feita mediante privatização, na linha 4.
    É um absurdo que uma atividade deficitária por definição seja privatizada: o resultado será altas tarifas, e dinheiro público sendo transferido para empresas.

  2. Entra governo e sai governo na cidade de São Paulo e os investimentos públicos em transporte continuam privilegiando o modo individual. E dá-lhe túneis! Quem comanda o poder da gestão pública no Brasil são as grandes empreiteiras e as empresas do mercado imobiliário de luxo (edifícios de escritórios / shopping e condomínios residenciais de alto padrão (pelo menos no preço, uma vez que muitos edifícios não possuem sequer revestimento impermeabilizante para um bom acabamento nas fachadas). Para as empreiteiras, tanto faz se o túnel é pra carro ou pro metro, já para o mercado imobiliário de luxo, uma boa acessibilidade para automóveis é fundamental, já que seu produto se destina às classes de alta renda. Como diz o Professor Flávio Villaça, essa opção dos governos pelo transporte individual é resultado da grande desigualdade de renda na população das metrópoles e, também, principalmente, da enorme desproporção de poder político entre as classes ricas, que se utilizam do automóvel em seus deslocamentos diários , e as classes médias e de baixa renda que andam de ônibus e de metro todos os dias para ir trabalhar. Estas não exercem quase nenhum poder sobre a administração pública. E isso é, em última instância, a causa de todo o problema da insuficiência (quantidade) e deficiência (qualidade) do transporte coletivo nas cidades do Brasil.

  3. Bom rodoanel juntamente com o onibus – tunel com capacidade para 1600 pessoas tera um grande percurso a traçar na luta politica de uma grande obra com um grande veiculo de transporte e num filme raquel nome da minha esposa seria como guerra nas estrelas e viagem ao fundo do mar juntos e depois tudo vira tambem um grande desenho espero estar acrescentando algo no seu trabalho por ai ja enviei este recado mas não desta forma porque no desenho as criançadas é quem mada e falando em criançada convida depois de fechar contrato com alguem nisso mauriçio de sousa e a turminha da monica para passear no onibus pela maior via de acesso em sistema circulante do brasil só vai perder quando tiver o “Anel viario federal brasilis” certo , e se desejar entre na conexão mae – http://www.moacir antonio esquevani.com.br um abraço.

  4. Voçe deve se surpreender quando ver pela sua frente o personagem “Canasauro” o dinosauro do canavial ele esta envolvido com os melhores negóçios da nação ele quer muito de conhecer ele vai estar dando entrevista palestras tera “DVD” dele pra secretaria do meio ambiente e tambem do agronegóçio e as usinas sucroalcooleiro mas isso não é tudo ele é um personagem brasileiro mais ele quer ficar aqui em araçatuba então entre em contato com araçatuba mas sabe de uma coisa seria muito bom um parque chamado “Canasauros´Parks” e ele vai estar nadando no rio tietê quando estiver despoluido alegrando as criançadas que estivem pelo rio tirando unda de passeio e ele com sua musiquinha estara dando mauito mais alegria enfim o canasauro pode ser mais um passageiro ou não.

  5. O canasauro esta apresentando o “Rodobol” que é todas as modalidades bol que existe futebol basquetebol voleybol handbol basebol biribol e muito mais até pra preparação para as olimpiadas e copa do mundo e até um programa de tv como enviei ja pra BAND e pra tirar o menor de 14 anos do mau caminho, enfim canasauro e rodobol no rodo anel estão rodando a capiturando talentosos nestes esportes com muita qualidade de vida.

  6. Sera que esse ônibus tunel tem lugar pra mais um passageiro se trata nada mais nada menos do que o “Batma de taubaté” ele deseja muito pegar essa carona pra fazer o seu trabalho social juntamente a comunidade mais para isso ele quer se locomover quando o seu bat – fuscão tiver na mecanica num transporte bem digno e cinematografica com outros personagens tambem se for o caso.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s