Já passou da hora de acabar com as sacolas plásticas

Já passou da hora, sim, de acabar com as sacolas plásticas. Vários países já acabaram com isso. A iniciativa do Rio de Janeiro é muito positiva. Lá a sacola não está proibida de imediato. O que se faz são estímulos para que os supermercados dêem descontos a cada produto que é comprado sem sacola e que ofereçam alternativas à sacola. Com isso, a Secretaria Estadual do Meio Ambiente do Rio pretende ir, progressivamente, banindo as sacolas plásticas dos supermercados. Lembremos que uma sacola plástica demora quatro séculos para retornar à natureza.

Em São Paulo já houve um projeto de Lei, em 2007, aprovado na câmara, que exigia que os estabelecimentos comerciais utilizassem apenas material reciclável retornável. Naquele momento, o prefeito vetou o projeto a partir de um parecer da Secretaria do Meio Ambiente que considerava que, muitas vezes, colocando uma resina química na sacola plástica para torná-la biodegradável, podia-se gerar um outro tipo de poluição química. Essa foi a razão.

Entretanto, não há razão para que nós em São Paulo não devamos também aprovar uma Lei que progressivamente elimine a sacola plástica da nossa cidade e do nosso Estado.

O Carrefour, por exemplo, já está com uma campanha forte e pretende, até 2014, não usar mais sacolas. O Wal-Mart, o Pão-de-Açúcar e algumas redes privadas já estão fazendo isso e em algumas cidades do Estado isso já acontece, como em Sorocaba, Piracicaba, Guarulhos, Osasco, Jundiaí , entre outras.  Enfim, essas iniciativas já começaram no nosso Estado, em algumas empresas do setor privado e em alguns setores públicos também.

2 comentários sobre “Já passou da hora de acabar com as sacolas plásticas

  1. Muito legal a iniciativa de acabar com as sacolas plásticas nos supermercados, porém deve-se procurar também soluções para o empacotamento de lixo. Acredito que para muita gente sacola de supermercado vira saco pra lixeira e quando não é porque se usa saco de lixo plástico. Salvo quem tem a disposição coleta seletiva de lixo e soluções para lixo orgânico (como trituradores elétricos, ou área para compostágem caseira), o empacotamento plástico do lixo ainda é a única solução. Enquanto não resolvemos esta questão os aterros continuarão a receber plástico.

  2. Olha, eu acompanho com muita atenção essa campanha pelo fim das sacolas plásticas a um tempo e percebo que não houve ainda uma reflexão mais aprofundada à respeito desse processo. Pelo menos ainda não vi nada na grande mídia.

    Gostaria de deixar um fato para ilustrar o que digo. As famílias com poucos recursos financeiros – algumas nem tão pouco – utilizam essas sacolas para embrulhar o lixo que produzem em casa, essa é a “grande” utilidade dessas sacolas. A substituição dessas sacolas não resolverá essa questão, mas criará uma despesa à mais, ter de comprar sacos de lixo industrializados. De plástico…

    Então, acabar com os sacos plásticos é uma questão maior que a simples substituição pelo comércio. Se não for tratada em sua totalidade será apenas mais uma política de criação de mercado.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s