Olimpíada é oportunidade para o Rio superar seus problemas, mas obras precisam ser debatidas

Esta semana discutirei na coluna Nossa Cidade os desafios da cidade maravilhosa para se preparar para os jogos olímpicos de 2016.

Como a maior parte da população, também estou comemorando a escolha do Rio como cidade olímpica, porque isso representa para a cidade uma oportunidade muito importante de superação de seus problemas e mazelas, se souber utilizar.

Mas os comentários na imprensa só estão preocupados com a questão do superfaturamento, corrupção e malversação dos recursos públicos. Evidentemente, isso é uma preocupação legítima, mas está longe de ser a única.

Devemos nos preocupar também com o conteúdo do que será feito. Porque está parecendo que não importa o que será feito, mas apenas que os recursos sejam gastos de forma correta, sem roubar.

Porém a discussão necessária é exatamente o que será realizado em termos de obras e investimentos. Se são as melhores opções e quais serão suas conseqüências.

Eu começo, por exemplo, levantando uma questão que me preocupou bastante na apresentação do Rio de Janeiro. Não a mostrada em Copenhagen, mas um vídeo promocional que o Rio soltou logo no começo da disputa, no qual – e todos podem ver isso no Youtube –  os morros do Rio com favelas aparecem simplesmente pintados de verde, como se as favelas não existissem.

Acho que uma boa política para pensar a Olimpíada no Rio é partir dos verdadeiros desafios que a cidade tem, e planejar como ela pode ser mobilizada para enfrentá-los.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s